Saque emergencial do FGTS será liberado para o trabalhador em 2021?

[ad_1]

Preocupado com a pandemia do novo coronavírus em 2020, o governo federal autorizou que os trabalhadores fizessem o saque emergencial do saldo disponível em suas contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A pergunta agora é se o mesmo ocorrerá neste ano.

Mais de 51 milhões de trabalhadores puderam retirar até R$ 1.045 de suas contas, desde que fizesse a solicitação até o dia 31 de dezembro de 2020. O saque emergencial do FGTS foi criado pela Medida Provisória 946/2020.

Segundo a Caixa Econômica Federal, 96,6% do valor total previsto para ser gasto com a iniciativa foi distribuído, cerca de R$ 36,5 bilhões. O valor da retirada variava de acordo com o saldo disponível nas contas do trabalhador, até o limite máximo de um salário mínimo (R$ 1.045 na época).

Os saques seguiram um calendário definido conforme o mês de aniversário do solicitante. A princípio, o dinheiro ficou disponível na poupança social digital da Caixa, podendo ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Só depois de algumas semanas, os saques em espécie foram autorizados.

Em 2021, ainda não há nenhuma confirmação oficial sobre o saque emergencial, embora o governo já tenha sinalizado que pode autorizar o benefício. Uma das grandes vantagens do programa é que ainda há margem para o pagamento de uma nova rodada sem comprometer a sustentabilidade do FGTS.

E quem não sacou?

Cerca de R$ 12 bilhões não foram sacados pelos trabalhadores, tendo retornado às contas de origem após correções. O valor corresponde ao benefício de 19 milhões de cidadãos que não movimentaram o valor creditado na poupança social.

Alguns também preferiram manter a reserva financeira em suas contas do FGTS, e solicitaram a reversão do crédito em conta. Segundo dados da Caixa, R$ 300 milhões referentes ao benefício de 400 mil brasileiros foram devolvidos às contas de origem.

Se você quer ter acessa a mais informações sobre o saque emergencial do FGTS, acesse o site fgts.caixa.gov.br, baixe o aplicativo FGTS, ou entre em contato com a Caixa pelo Internet Banking ou Central de Atendimento 111.

Leia mais: Cuidado com o golpe: Criminosos estão sacando FGTS com CPF de terceiros



[ad_2]

Source link